sexta-feira, 10 de junho de 2011

Indiferença

A indiferença é a mais cruel das respostas.
Quer dizer que sequer faz diferença responder-lhe ou não.
É o silêncio que machuca; a ausência que diminui.
Nesse sentido, vejo silêncio, ausência e indiferença como sinônimos; ou melhor, o silêncio e a ausência são "manifestações" da indiferença.
Por outro lado, sempre que fico indiferente em relação a algo, quer dizer que eu não o compreendo e/ou não sei o que fazer.
Não quer dizer que aquilo não tenha importância.
Todavia, quando é para mim, o silêncio e a ausência manifestam a indiferença, a qual revela a falta de importância.
Logo, o silêncio me machuca e a ausência me diminui.
Daí, a indiferença me magoa.
Porém, meu comportamento indiferente quer dizer confusão.
Não quero ser cruel.
Apenas não sei o que fazer.