segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Sintonia

Não sou louca, mas gostaria de estar num hospício.
Ou qualquer outro lugar que a diferença não chamasse a atenção.
Num mundo sem discriminação.
Numa realidade à margem da ilusão.
Mas uma realidade sadia,
não esta que vem vazia.
Sem qualquer poesia.
Em terrível apatia.
Quero a minha sintonia!