segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Fome

Só espera quem é miserável.
Ou melhor, menos favorecido.
E quem não espera ou é impaciente, ou impulsivo, ou sei lá o que...
Também não me importa!
Quando fico com fome, se não como, fico de mau-humor.
Então, tenho pressa!
Fernando Pessoa já dizia: “quem tem alma não tem calma”.
Alimentada fico calminha, calminha, e raciocino de forma “normal”...
A fome não me deixa pensar direito, desperta os meus “instintos mais selvagens” que alguns denominam: mau-humor!