quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Moço dos olhos tristes

Moço dos olhos azuis, dos amores platônicos...
Seu olhar, aparentemente perdido, parece carregar imensa tristeza...
Será que ele sabe o que carrega?
Ou se engana atrás de planos e meninas?
Moço do olhar triste, não aprendeu que amar não é sofrer...
Mas atire a primeira pedra quem nunca sofreu por amor...
Seus falsos amores lhe trazem mais dissabores do que alegrias...
Um dia há de ser imensamente feliz!