sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Tempo e espaço



Tempo e espaço, dois irmãos.
Se vejo uma coisa de perto, observo alguns detalhes.
À medida que vou me afastando, vou perdendo de vista aquelas peculiaridades,
mas consigo perceber outros tons, novas perspectivas, um contexto...
E o que eu via de perto se transforma em mais uma peça no quebra-cabeça.
Com o tempo, não acontece a mesma coisa?